Alternate Text
CNAM
O Leite na Alimentação Alternate Text Alternate Text
Princípios do Bem-estar Alternate Text Alternate Text
Princípios do Bem-estar
go back arrow anterior
UMA VIDA MAIS SAUDÁVEL É UMA VIDA MAIS FELIZ

Para além da alimentação, também a prática de atividade física moderada e regular é imprescindível para uma vida saudável.
Os hábitos alimentares são parte da nossa cultura, das nossas tradições, expressam quem somos e como nos sentimos e são uma forma de nos relacionarmos com os outros.

A função básica dos alimentos é fornecer ao corpo todos os nutrientes e elementos necessários para nos mantermos vivos, para crescermos e nos desenvolvermos. Contudo, para além de nutrir, a alimentação deve também proporcionar bem-estar e prazer aos sentidos.

Nos últimos 40 anos a composição das refeições, a sua distribuição ao longo do dia e o seu próprio significado mudaram claramente. Os hábitos alimentares dos portugueses alteraram-se, como consequência do desenvolvimento económico e do maior poder de compra das famílias portuguesas, que resultou no aumento quantitativo dos alimentos disponíveis assim como no aumento da acessibilidade aos alimentos. A par destas mudanças, chegaram novos alimentos que substituíram alimentos tradicionais.

Uma alimentação que sustente uma boa nutrição, aliada a uma atividade física regular, promove saúde e bem-estar.


10 CONSELHOS DO CNAM

BEBA LEITE

O leite é um alimento único, de riqueza nutricional inigualável porque oferece muitos nutrientes indispensáveis ao nosso organismo: proteínas de alto valor biológico, hidratos de carbono, lípidos, riboflavina (ou vitamina B2), vitamina B12, cálcio, fósforo, potássio e iodo.

O leite oferece uma boa relação entre nutrientes essenciais e calorias, sendo por isso considerado um alimento de elevada densidade nutricional. Além disso também contribui para a hidratação diária. Beber leite todos os dias é um gesto importante que contribui para uma alimentação saudável de crianças, adultos e idosos.

 
CONSUMA LÁCTEOS

Os alimentos lácteos, nomeadamente, leites fermentados, iogurtes, queijo, queijo fresco, requeijão e a manteiga herdam grande parte da riqueza nutricional do leite. São muitos os estudos que assinalam que a ingestão de leite e produtos lácteos aumenta a densidade nutricional e a qualidade da alimentação de crianças, adolescentes, adultos e idosos.

De acordo com a Roda dos Alimentos, os lácteos no seu conjunto devem representar 18% da nossa alimentação diária, o que corresponde a cerca de 3 porções diárias.

 
COMA POUCO MUITAS VEZES

Repartir as refeições ao longo do dia é uma excelente forma de controlar o que come e quanto come. Para além de ajudarem a manter os níveis de energia constantes, as pequenas refeições contribuem para atingir as quantidades diárias recomendadas de vitaminas e minerais, que de outra forma dificilmente se alcançam. Recomenda-se que não fique mais de 3h30 sem comer.

É por todos reconhecida a importância do pequeno-almoço, mas também muito importantes são os lanches do meio da manhã e do meio da tarde, assim como a ceia antes de deitar caso se justifique. Ao falhar estas pequenas refeições há mais tendência para exagerar nas grandes refeições do dia, consumindo mais do que se precisa. Se não tem tempo de tomar o pequeno-almoço em casa, leve um pacotinho de leite ou um iogurte, bolachas e uma peça de fruta para comer pelo caminho.

Um iogurte, um queijo fresco, duas tostas com manteiga ou uma peça de fruta podem ser boas opções para os lanches.

Antes de deitar, experimente beber um copo de leite morno, verá que ajuda a adormecer.

 
FAÇA BOAS ESCOLHAS ALIMENTARES

Para ter uma alimentação mais saudável, não precisa de ser radical e alterar por completo os seus hábitos alimentares. Terá mais sucesso a longo prazo se optar por fazer pequenos ajustes gradualmente. Pequenos gestos levam a grandes mudanças. Por exemplo: reduza aos poucos o açúcar e o sal que adiciona aos alimentos; opte por produtos com menos açúcares adicionados ou sem açúcares adicionados; substitua o arroz, pão e massas pela versão integral. Tão importante como ”quando come” é, obviamente, ”o que come” e ”quanto come”.

Siga a Roda dos Alimentos

Todos os dias deve consumir alimentos de todos os grupos, sem esquecer nenhum. Assim, obtém todos os nutrientes indispensáveis ao bom funcionamento do organismo. Coma mais dos grupos maiores e menos dos mais pequenos e não se esqueça de variar os alimentos dentro de cada grupo.

Quanto à gestão das quantidades durante o dia, o sábio ditado popular dá uma ajuda: “Pequeno-almoço de rei, almoço de príncipe e jantar de pobre”.

 
COMA COM PRAZER
Comer é um dos grandes prazeres da vida, e bem-estar também é comer o que gosta… sempre com bom senso. Por isso, relativize: coma pão com manteiga e não manteiga com pão; beba leite com chocolate e não chocolate  com leite; coma queijo, mesmo sem pão; coma morangos, mesmo com chantilly.

 
SEJA PRÁTICO E CRIATIVO

Não precisa de ir à horta para fazer uma boa salada fresca. Hoje em dia é a alimentação que tem de se adaptar ao seu ritmo de vida e não o contrário. Mas não se preocupe, porque felizmente não existe só uma forma para conseguir ter uma alimentação saudável: é possível comer saudável mesmo fora de casa e é possível fazer pratos saudáveis sem demorar horas. Inspire-se em Mimosa Experimenta!

 
VIVA MAIS AO AR LIVRE

A atividade física é fundamental para a saúde e bem-estar: ajuda a gastar energia, a fortalecer os músculos e os ossos, a manter um peso saudável e a reduzir o risco de várias doenças.

Para uma vida saudável recomenda-se, pelo menos, 30 minutos de atividade física todos os dias. E praticar atividade física não significa necessariamente inscrever-se num ginásio. Existem pequenos gestos diários que ajudam a aumentar a atividade física:

• Ainda se lembra como se salta à corda?
• Brinque ao ar livre com as crianças.
• Dance, mesmo em sua casa.
• Passeie, sempre que puder.
• Deixe mais vezes o seu carro em casa.

 
RELAXE
O stress é uma reação natural e faz parte da vida. Até determinado patamar é positivo e ajuda a obter melhores resultados, contudo, se for contínuo ou recorrente pode tornar-se contraproducente e prejudicial para a saúde. Relaxe! Guarde um momento para si todos os dias: ajuda a reduzir tensões físicas, diminui o stress e permite um melhor desempenho em tarefas mentalmente mais exigentes, ajudando a pensar melhor.
 

• Procure distribuir o tempo do seu dia intercalando o trabalho, família, lazer e descanso.
• Dê um passeio à hora de almoço, leia um livro, navegue na internet, oiça música.
• Rodeie-se da família, cultive amizades ou preencha o seu tempo com algo que goste.
• Mantenha o sentido de humor.
• Veja as situações pelo lado positivo e não pelo lado negativo.

 
GOSTE DE SI
Sentir-se bem consigo é fundamental para manter a força e segurança necessárias para enfrentar os desafios do dia-a-dia. A sua autoestima pode ser influenciada positivamente através da forma como pensa, como age, como ocupa o seu tempo, como cuida da sua imagem.

Um corpo perfeito não tem de ser muito magro, muito jovem ou muito bronzeado. O corpo perfeito é o seu… com saúde!
Faça uma coisa que há já muito tempo tem adiado.
Mime-se! Se há pequenas vitórias diárias que habitualmente deixa passar em branco, valorize-as.
Faça coisas diferentes. Ajuda a fugir da rotina e promove novas aprendizagens.
 
 
SEJA RESPONSÁVEL COM O SEU CORPO
Vigie regularmente a sua saúde e aposte na prevenção.
Informe-se.
Fale regularmente com o seu médico.

go back arrow Voltar ao Topo

Este site utiliza cookies para melhorar a funcionalidade e a sua experiência de utilização do mesmo. Os cookies servem, por exemplo, para saber quem são os nossos visitantes e, desta forma, prestar um melhor serviço, mais seguro e personalizado para garantir acesso a todas as áreas do site ou para assegurar algumas funcionalidades em particular. Ao navegar neste site está a consentir a utilização de cookies. Pode consultar os Termos de Utilização do site aqui.